Extraído do diário de Priscila:

24/12 - 09:15

O Charles está trabalhando hoje de novo. E ficará até muito tarde. Desconfio que ele tem uma amante. Mas não tenho coragem de perguntar mais. Da última vez ficou duas semanas sem falar comigo. Sexo então, nem pensar. E eu, sinceramente, sou viciada em sexo. Espero que ele não demore muito.

24/12 - 15:30

Um pervertido conto natalino em Sistinas. - Sistinas, contos de vampiros eróticos

Que amor! E eu duvidando dele! Me mandou uma cesta de Natal maravilhosa, com alguns presentes e pediu desculpas pelo trabalho nos afastar sempre. Depois ligou todo carinhoso, e disse que fará de tudo para estar comigo esta noite ainda. Eu expliquei que me sinto sozinha, nossos parentes estão longe, e que só temos um ao outro. Ele quase chorou.

24/12 - 17:30

Eu sei que estarei sozinha diário, mas resolvi pôr a mesa. E a champagne estava tão convidativa que eu resolvi beber um pouco. Não sou muito de beber, fico tontinha, afetada mesmo. Mas essa espumante tá tão boa!

24/12 - 18 e alguma coisa

Que saco. Cadê aquele filho da puta? Hihihihihihi, ele vai ter que comprar mais vinho também. Sequei a porra da adega!

24/12 - passa das 9

Nada do meu homem. Alguém ligou aqui em casa. Estranho. Atendi, ouvi uma respiração, e desligaram. Tô afim de fazer o mesmo. Vou passar um trote em alguém. Trote natalino, né diário?

24/12 - 22:15

Um homem com a voz mais sexy do mundo atendeu o fone. Liguei num número qualquer... Hahahahahaha... eu disse que estava me masturbando e queria ouvir muita sacanagem. E não é que o sacana me falou poucas e boas??? A-DO-REI. Fiquei tão molhada que tive que...

...espere diário. Estão batendo na porta, será que meu marido chegou?

25/12 - madrugada

Feliz natal diário! Caramba, que presente de NATAL!

Quando atendi a porta, era um Papai Noel. Sim. Charles se fantasiou de Papai Noel, e trouxe um saco GRANDE e VERMELHO cheio de surpresas sexuais para mim. Eu gostei do vibrador roxo. Caramba, estávamos cheios de tesão. Veio mascarado também. Eu nem pude tocar no rosto dele. Disse apenas duas frases, mas foi o suficiente para mim:

"Tira a roupa"

"Tenho pouco tempo, putinha"

Tudo que eu perguntava ele respondia com a cabeça. Foi tão excitante. Quando perguntei se gostava de me comer, ele enfiou com tanta força, que por um minuto pensei que não era Charles. Nossa, que ninguém leia o que vou escrever aqui... mas parecia até que o pau do Charles tinha aumentado. Parecia maior. E quando eu abocanhei? O gosto tava levemente diferente. Mas eu sei que a bebida me deixou tonta, e minha excitação tava a mil!

E os cremes? Os vibradores? Não sabia que Charles era freqüentador de sex-shops. Pensei na hora que era culpa da vagabunda da amante dele. Quando eu perguntei, sabe o que meu marido fez? Enfiou o membro na minha boca com força, que até engasguei de leve. Olha que engulo muito, mas definitivamente, o troço era grande. Eu olhei para ele, e a máscara mexeu de maneira estranha. Não sabia se estava rindo, porque ela cobria o rosto todo.

25/12 - 08:00

Que lindo dia está lá fora. Também, depois da melhor trepada da minha vida, tudo ficou mais colorido. Pena que meu Papai Noel safado não esteja comigo hoje. Charles ama seu trabalho, e ama mais do que me ama, às vezes.

Ui, que dor de cabeça. Ressaca? Aliás, o corpo todo dói, e tá chato, desconfortável para sentar. Ele abusou de mim direitinho, diário.

Vou tomar um bom banho. Tô cheirando sexo. Tô suada. A noitada foi boa. Depois vou tomar café reforçado e ver se mamãe deixou alguma mensagem de Natal na secretária eletrônica. Juro que ouvi a secretária atender uma ligação ontem, mas foi bem na hora que Charles estava me pegando de quatro, como eu adoro!

25/12 - 09:30

Diário! Algo errado aconteceu! Chequei as mensagens da secretária eletrônica. Nada da minha mãe. Mas o Charles ligou, dizendo que a diretoria estava reunida ainda. Iam pedir falência, e ele talvez estivesse desempregado no ano novo. Pediu para eu congelar o jantar porque ele passaria a madrugada fora.

Espera! A hora... a mensagem era das 22:50!!! Nessa hora eu estava... eu estava...

Meu Deus, será que estou ficando louca? Se não era ele, quem estava me comendo ontem?

25/12 - 13:30

Charles esteve aqui, mas já saiu. Eu estava ocupada tomando o maior banho da minha vida. Esfreguei a esponja com tanta força que quase arranquei minha pele. Quem foi o homem fantasiado de Papai Noel que transou comigo? Como ele sabia? Como eu pude me entregar tanto? Podia dizer que estava bêbada, mas sei que não é verdade. Eu estava excitada demais. Será que eu transaria com qualquer um que cruzasse por aquela porta?

Prefiro não pensar nisso, mas não consigo.

25/12 - 17:00

Charles voltou enfim para casa. E para ficar pois a empresa realmente decidiu encerrar as atividades. Ele percebeu como estou estranha. E eu percebi também um perfume diferente nele. Talvez da vagabunda da amante dele, mas não devo mais perguntar. Eu também o traí nesse Natal! Prefiro ficar em silêncio.

28/12 - 12:05

Desculpe diário, não ando escrevendo muitas linhas pois tenho medo de meus pensamentos agora. E também Charles agora passa o dia inteirinho comigo. E quando fazemos amor, percebo claramente que não foi ele que trepou comigo no Natal. O cacete dele parece tão pequeno agora, sei lá. E me pego de noite sonhando com o Papai Noel tesudo. Ele me fez gozar muito. Uma mulher anda ligando para o Charles no celular, e sempre que isso acontece penso no homem safado de máscara, que aflorou toda minha sexualidade...

29/12 - 12:01

Charles e eu decidimos viajar no primeiro dia do ano novo. Vamos nos afastar de tudo, o que será muito, muito bom. Vou tentar tirar muita coisa da cabeça.

Afinal, minha menstruação ainda não veio. E Charles é estéril!


"O diário de Priscila" foi publicado originalmente em 21.12.01.

Mostre seu ♥ deixando comentários

Voltar aos ContosVoltar aos Contos